Toxina Botulínica – BOTOX

O BOTOX ® é usado para corrigir as rugas de expressão. As rugas da testa, o sulco entre as sobrancelhas e os famosos “pés de galinha” podem ser beneficiados com o método. Outras áreas também podem ser tratadas.

O Lifting com BOTOX ® é uma técnica que eleva o canto das sobrancelhas e abre a os olhos, com um efeito muito interessante. A técnica consiste em injetar a substância no músculo cuja hipertrofia e tônus provoca o aparecimento das rugas. Assim se obtém uma paralisia temporária (obviamente, de músculos desnecessários), com o desaparecimento das rugas mais leves e atenuação das mais profundas.

O BOTOX ® realizado com eficiência, trás um grande resultado. Estes resultados são os responsáveis pela explosão em seu uso. O paciente e o seu círculo de relacionamento familiar e de amizade percebem a melhora, mas esta melhora deve ser natural, e é desejável que não se perceba com facilidade que o BOTOX ® foi aplicado. As pessoas dizem que o paciente está bem, com aspecto descansado e com melhor aparência, O exagero do uso do BOTOX ® apresenta resultados pouco naturais, que não devem ser o objetivo do tratamento.

A duração dos efeitos é de 6 meses, e depois desaparece. O que acontece é que o músculo, em repouso forçado pelo BOTOX ® fica um pouco mais fraco, e mesmo quando a ação de contração volta, leva algum tempo para existir o efeito de musculação com hipertrofia e volta do tônus muscular de antes do tratamento .

A aplicação do BOTOX ® pode ser então repetida. O movimento muscular volta um pouco antes, ao redor do quarto e quinto mês, mas as rugas só retornam em torno de 6 meses, que é quando o BOTOX ® deve ser reaplicado. O retorno do movimento, não significa que o BOTOX ® deva ser reaplicado imediatamente, porque o músculo causador das rugas ainda está fraco e só deve ser tratado quando recupera o tônus normal, o que ocorre ao redor de 5 a 6 meses , nas primeiras aplicações e ao redor de 6 a 8 meses , em pacientes que fazem o tratamento regularmente.

Com a falta de função temporária do músculo, o hábito condicionado que forma rugas de expressão diminui e com este descondicionamento a velocidade de aparecimento de novas rugas é menor. Então mesmo parando o uso, permanece um efeito benéfico por certo tempo. Mas com as aplicações repetidas, no tempo certo, 6 meses, existe uma tendência à haver um efeito cada vez mais prolongado.

Algumas pessoas, no entanto podem apresentar um efeito vacina e o BOTOX ® não ser mais eficiente, mas isso ocorre em pequena porcentagem de casos. O que ocorre é que alguns pacientes, desenvolvem defesa imunológica ao BOTOX ®, é como se estivesse sido vacinado, e o BOTOX ® não é mais eficiente. Isso ocorre raramente, em muito pouco pacientes e atualmente já está disponível nos EUA a Toxina Tipo B – Myobloc®, para ser usada em possíveis pacientes resistentes. Esta toxina B, é foi desenvolvida com um grupo diferente de clostridium, e portanto tem propriedades diferentes. Se um paciente tiver a falta de sorte de ser resistente ao BOTOX ® , poderá ter uma grande possibilidade de responder ao Myobloc®.

Em alguns casos, o que não é muito raro, pode acontecer que um paciente que responda corretamente ao uso da Toxina Botulínica, em uma determinada aplicação, obtenha uma menor resposta. Isso pode ocorrer pelo efeito vacina, como já dissemos, mas pode ser por alguma outra causa técnica, como uma inativação inadvertida da Toxina. O BOTOX ® é muito lábil, se inativando facilmente, a simples colocação na seringa, se não for cuidadosa, pode inativar o produto. O transporte, armazenamento e diluição também podem desativar a Toxina. Assim é que se o BOTOX ® não foi eficiente em uma aplicação, deve ser repetido e só então se for novamente ineficiente, atribuir o fato ao “efeito vacina”.

A Toxina é liberada pelo FDA (controle de medicamentos) americano, e pelo Ministério da Saúde Brasileiro, como bloqueador muscular e usado por médicos treinados não apresenta complicações sérias. Pode ser utilizado associadamente e a outras técnicas.

Faça o seu pré-agendamento agora.